13 de nov de 2009

Que coso eu? Que coso tu?



As pessoas olham estranhamente, meio que desconfiadas para o nome que escolhi para designar tudo que o Atelier de Maria faz em costuras, QUE COSO? (?) então vou explicar agora:



_Coser vt e int. Costurar. - cosido adj. (segundo o dicionário)
...Mas claro que o "meu" cosido é bem mais nutritivo e curioso que isto!!! ...Cortar e costurar é paixão que tenho desde criancinha, me lembro de aos 3 aninhos já fazer as roupinhas das minhas bonecas, principalmente da Margarete, que era de um tamanho economico e eu podia aproveitar todos os retalhinhos que minha bisavó Brigida deixava pelo chão de seu quarto de costura.
Querer se expressar, também, através da roupa foi e é um motivo de constancia dessa paixão. Acredito que independentemente do fato de visualmente sua vestimenta se destacar ou não das dos demais, se vc a tem como veículo de comunicação e interação com o mundo ela já não é mais somente uma simples roupa, é Moda, é Estilo, mesmo sendo uma simples camiseta branca conjugada com "aquela" velha calça jeans. Concorda?
Na adolescencia  já tinha decidido que queria trabalhar com moda mas com todas as crises filosoficas e indecisões naturais da fase invoquei de achar que era futilidade demais pra mim e briguei com a moda! Fui pesquisar as artes... e naquele momento acho que fiz mais moda ainda sem perceber! Andava de cabelo sempre curto "Joãozinho" sendo que todo mundo gostava de cabelão... e ele mesmo curto era mutante hora verde, hora roxo, as roupas costuradas e estampadas por mim mesma  seguia feliz "fora" da moda e  eu ainda ganhava uns trocos fazendo figurino pros amigos alternativos também... me virava bem tranquilamente assim...
Então," Que coso?" se resume basicamente nisto, uma costura tamanho "ocê" feita com um propósito além desse de vestir um corpo, tem momentos de curtição, de carregar bandeira... mas  principalmente de estar muito naturalmente confortável, destacando delicadamente sem se destoar, nada de coisas estravagantes, diferentérrimas e chocantes, nada de moda oficial, costuro a procura do simples do mais simples possivel e isto já dá pano pra manga!