16 de mar de 2011

Costurar é criar!

Ou re-criar, como prefiro!
Com o molde de um vestido tubo, seco, sem detalhes, fiz este vestido.
Tento me virar como posso, já que não sei fazer modelagem...claro que não vou deixar de costurar por isto!Adoro costurar! Brinco que sou costureira de atrevida porque não sei muito!Me aventuro!E na maioria das vezes me saio (muito) bem!
Este vestido com listras era uma saia pareô, cortei aqui e ali, aumentei manguinhas de molde de outro modelo, bolsos, cinto incrustado nas pences das costas, abotoamento frontal, ilhoses na abertura da saia e apliques laterais que só existe para camuflar uma pequena emenda...Na linha do "nada se perde..." vou adaptando e é como bem disse Fayga Ostrower  em seu livro: Acasos e Criação Artística -  "são os acasos da criação"!
Livro que recomendo!

(veja as fotos, no corpo ficou ótimo!)


(vendido)